terça-feira, 3 de maio de 2011

O Céptico Rebanho dos Cegos

"Senhoras e Senhores,

A palavra “segredo” é repugnante numa sociedade livre e aberta,
e nós opomo-nos inerente e historicamente às sociedades secretas,
juramentos e procedimentos secretos.

Opor-nos-emos em qualquer parte do mundo a conspirações monolíticas
e rudes que sigilosamente vão expandindo as suas esferas de influência.

Em infiltração em vez de invasão, em subversão em vez de eleição,
em intimidação em vez de liberdade de escolha.

É um sistema que tem aprisionado pessoas e coisas, a teias bem construídas
uma máquina suprema e eficiente que combina militares, diplomacia, inteligência,
economia, política, ciência e operações políticas.

As suas tarefas são escondidas, não publicadas.
Os seus erros são enterrados, e não divulgados.

Os desacordos são silenciados, não orientados.
Nenhuma despesa é questionada, nenhum segredo é revelado.

Essa foi a razão pela qual o legislador Grego Sólon considerou CRIME a qualquer cidadão que se acovarde perante uma discussão.

Estou pedindo ajuda numa tremenda tarefa de informar e alertar o povo americano.

Creio que com a sua ajuda as pessoas serão aquilo que nasceram para ser:

Livres e Independentes."

(John Kennedy, discursando na Universidade de Colúmbia em 1963, afirmou: "O alto posto de presidente tem sido usado para fomentar um plano para destruir a liberdade dos Estados Unidos da América e, antes que eu deixe o cargo, tenho que colocar os cidadãos a par da sua situação". Dez dias após essa declaração, John Kennedy foi assassinado.)
-----------------------------------------------------------------------------------
Na manhã de ontem minha mãe, ao sair de casa, deixou um bilhete no armário da cozinha dizendo:
_ "Dudu, ao sair de casa deixe a luz acesa" !

O mais interessante é que ainda era dia quando ela escreveu o bilhete, com certeza ela só retornaria para casa ao anoitecer e não queria chegar em meio a escuridão.

... E disse DEUS: Haja Luz ! (Genesis 1)

Abraços
Postar um comentário