domingo, 8 de maio de 2011

Todos prontos para a Guerra ?

No mundo moderno quase tudo é cinema. O caso Bin Laden começou no início da década como um roteiro de catástrofe tipo Godzila, e agora se desdobra como uma revanche do filme Duro de Matar.

Todos querem conhecer o desfecho do filme. Querem a imagem do homem morto, porque agora sem imagem parece que nossa vista não acredita mais em nada, parece que não acabou.

A Sociedade em redes quer o que? A cara do homem no facebook?

E quando acaba o espetáculo começam os críticos à direita e à esquerda, os Republicanos, desesperados com o súbito prestígio do Obama, já estão disputando o corpo: _" Ah, se não fossem nossas torturas ninguém achava o homem".

Do outro lado berram os humanistas: _" Como entraram no Paquistão sem pedir licença? Imperialistas! e outros: _ “Nem perguntaram se ele se entregava:

“O senhor Osama deseja chamar seus advogados”?

É Claro que os EUA não podem invadir países para impor regimes, como Iraque, Panamá e Granada, mas a luta contra o terror não é um caso de Polícia, é uma Guerra sem fronteiras que subverteu toda lógica Jurídica Internacional, o certo e o errado estão misturados, como na Guerra, que o Osama Bin Laden começou, queremos o que? Um "Happy End"?

É difícil, porque mais que um "filme" tudo isso será um longo seriado com vários capítulos no ar.

Aguardem o próximo episódio.
Postar um comentário