terça-feira, 20 de março de 2012

UPS e TNT


UPS fecha negócio pela TNT Express por mais de 5 bilhões de euros

Americana que lidera o segmento de entregas rápidas vai fazer a aquisição da concorrente holandesa por cerca de US$ 6,8 bilhões. Juntas, as empresas se transformarão em uma gigante global de 45 bilhões de euros de faturamento

A United Parcel Service (UPS), empresa americana com grande participação no mercado mundial de entregas rápidas, anunciou a aquisição de sua concorrente holandesa, a TNT Express, pelo valor total de 5,2 bilhões de euros, algo em torno de R$ 12,2 bilhões, na cotação desta segunda-feira, 19 de março.

A compra foi anunciada hoje pela UPS, que fez uma oferta às ações da TNT ao preço de 9,5 euros por cota, uma valorização de 53,7% em comparação com o preço dos títulos antes do anúncio da compra.

Na prática, se a aquisição for aprovada pelo Conselho da União Europeia, as duas empresas juntas se transformarão em um gigante global com faturamento anual perto dos R$ 100 bilhões.

As duas empresas têm operações no Brasil, mas, até o momento, não divulgaram nenhuma nota oficial sobre o que mudaria com a aquisição. Por aqui, a TNT Express realizou, na última década, a aquisição das operações de duas grandes transportadoras, a Mercúrio e o Expresso Araçatuba.

Segundo o comunicado da UPS, a operação vai reforçar a presença da empresa em regiões com forte crescimento econômico, como Ásia e América Latina. Com a aquisição, a empresa americana passa a ter acesso à rede da TNT nos mercados emergentes.

A TNT comunicou que seus executivos e conselheiros apoiaram com unanimidade a oferta da UPS pelas ações da empresa. As duas companhias assumem a liderança do mercado europeu de entregas rápidas.

“Com esta combinação, UPS e TNT Express vão aumentar significativamente suas habilidades de atender seus clientes conjuntos com demandas globais complexas. As capacidades somadas e o alcance aumentado das operações vão dar suporte ao crescimento e à globalização dos negócios de nossos clientes. Ao mesmo tempo, isto nos dará perspectivas de crescimento, o que beneficiará nossos funcionários e investidores”, diz Scott Davis, presidente e CEO da UPS.

“Estou convencida de que, juntas, a TNT e a UPS serão os grandes fornecedores e empregadores na indústria das entregas expressas. Nossos clientes vão ser amplamente beneficiados com estas ofertas de serviços melhoradas e combinadas. Aos meus 77 mil colegas de TNT, digo que esta aquisição será uma oportunidade única de desenvolvimento e crescimento para todos”, diz a CEO da TNT Express, Marie-Christine Lombard.

A PostNL, maior acionista da TNT, com participação de 29,8%, disse que também apoiará a transação, que a UPS vai financiar com uma combinação de 3 bilhões de dólares em dinheiro de caixa e nova dívida. “É um dia difícil e um grande dia. Difícil porque a TNT é uma companhia orgulhosa de si e é difícil aceitar ser comprada”, disse Marie-Christine Lombard.”É um grande dia porque a combinação de duas companhias (…) será fortalecedora e formará um líder global que será inigualável”, acrescentou.
Postar um comentário