quarta-feira, 20 de março de 2013

A Inevitabilidade da Guerra

Diante das instabilidades na Ásia e Oriente Médio muito se fala e se especula em torno de um iminente conflito militar que resultaria em uma terceira Guerra Mundial. Nessas especulações e discussões alguns analistas se perdem em meio à suas observações.

Vou dar aqui uma receita para que possamos filtrar ao máximo os objetos de análise de forma que alcancemos um panorama mais próximo do real.

No Sistema Internacional a existência de várias causas, cada uma delas potencialmente suficientes, irá retratar uma situação chamada sobredeterminada.

Se a Primeira Guerra Mundial pôde ser considerada sobredeterminada, significa que ela era inevitável? A resposta é não, a guerra não era inevitável até que culminou em 1914. Mesmo não sendo inevitável ela ainda perdurou por longos quatro anos de carnificina.

Para entender o Gênesis de uma guerra vamos determinar aqui três tipos de causas no que diz à proximidade no tempo referente por exemplo à primeira Guerra Mundial, são elas:

1- Causas Profundas
2- Causas Intermediárias
3- Causas precipitantes

Estudo de Casos
Utilizando uma analogia, Como se acendem as luzes de sua sala ?

A causa profunda = Thomas Edson descobriu como distribuir a eletricidade;
A causa intermediária = Alguém fez a instalação elétrica da casa;
A causa precipitante = interruptor ser acionado.

Outra analogia é acender uma fogueira.

A causa profunda = As lenhas;
A causa intermediária = Gravetos e papel;
A causa precipitante = Acender o fósforo.

Vejamos agora a Primeira Guerra Mundial.

A causa profunda = Força Alemã, Alianças Bipolar, Nacionalismo, Queda de Impérios;
A causa intermediária = Política Alemã, o aumento da complacência em relação à paz, peculiaridades dos Líderes da época;
A causa precipitante = Assassinato de Francisco Ferdinando em Sarajevo.

Olhando para o passado, tudo parece inevitável. No caso da Primeira Guerra, se o assassinato não tivesse acontecido, outro fator causal precipitante teria causado a guerra.

Dizem que as causas precipitantes são como metrô - elas chegam a cada dez minutos.

Vejamos agora sobre uma guerra envolvendo as Coreias, quais seriam esses fatores para startar o conflito?

A causa profunda = Desenvolvimento do poderio Nuclear Norte Coreano, Proporcionalmente o país mais militarizado do Mundo;
A causa intermediária = Exercícios militares conjuntos entre Coréia do Sul e EUA na região, testes nucleares por parte da Coréia do Norte, alteração no Equilíbrio de Poder
A causa precipitante = Um ataque Nuclear da Coréia do Norte ou nos EUA ou na Coréia do Sul

Configurada a equação acima nós podemos prospectar o que vêm por ai.

Abraços.








Postar um comentário