sexta-feira, 20 de março de 2015

A evolução do conceito de Logística para o conceito de Supply Chain Management: Uma aplicação ao Projeto "Mars One" e seus principais entraves

Neste post vamos analisar a evolução do conceito de Logística para o conceito de Supply Chain Management e observar como exemplo o Projeto " Mars One" e seus principais entraves para sua execução.

Antes de qualquer coisa, precisamos entender que Logística não é somente quando pegamos uma caixa aqui e entregamos ali, essa ideia é muito reduzida e pode minimizar nosso entendimento.

A Logística está contida desde a aquisição da matéria prima, que será usada na fabricação da caixa que vai embalar o produto, até este chegar nas mãos do cliente final.

Então vamos lá mais uma vez, primeiramente vamos clarear o que significa o termo Logística, para isso usarei o conceito que mais gosto que é o seguinte:

"Logística é a ciência de se fazer chegar o produto certo, na quantidade certa, no lugar certo, no tempo certo, nas condições estabelecidas e com o mínimo custo". 

O conceito Supply Chain Management ou Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos surgiu como uma evolução natural do conceito de Logística este último como sendo uma representação interna de atividades enquanto o Supply Chain Management uma representação externa de atividades que abraça todo um leque das atividades logísticas entre fornecedor e Cliente final. 

Em outras palavras podemos resumir que “a Logística é a integração das partes de uma maneira sequenciada, é algo operacional o e o Supply Chain (e seu gerenciamento) é uma estratégia, uma parte maior do negócio”. 

Portanto o SCM por ser um termo mais amplo e abrangente tem ganhado notoriedade no meio acadêmico e mercadológico sendo usado amplamente para resumir toda uma atividade logística tornando-se a vertente mais rica do pensamento logístico.

A questão que podemos usar como exemplo é a seguinte:

Os problemas da Expedição Mars One, que pretende colonizar Marte, são dentre os principais, o fornecimento de Oxigênio; Comida; Água e Carga. Estes problemas dentro do Projeto podem ser considerados de ordem logística? Sim ou Não?

Vejamos a fórmula para responder a questão acima. O problema da falta de água, de modo geral, é um problema Logístico?  A resposta é não. Neste caso o problema é de ordem de recursos naturais, não se têm água devido à escassez ou seca, problemas climáticos, falta de chuva, enfim, de modo isolado é um problema natural.

Agora, a falta de água dentro de um projeto, como o da Mars One, que envolve SCM, é um problema logístico?

A resposta é sim. Neste caso não se têm água devido questões de estoque, espaço físico, compartimento, prazos, tempo, etc, existe a água mas ela não se enquadra fisicamente no esquema do projeto, lembra do conceito de logística? a quantidade certa no lugar certo no tempo certo com o menor custo? Pois bem, ai você pode comparar com a carga o oxigênio a comida,etc., todos, o mesmo problema de ordem logística.

Quando se pensa em Logística, falamos de insumos, de máquinas, equipamentos, de matérias primas de produtos, de bens, de valores, de informação e até de tempo, e tudo isso cai num funil chamado Supply Chain Management*SCM, não podemos pensar logística tão somente como transporte, logística não é um verbo, pelo contrário é uma vasta gramática cheia de implicações. Se eu pensar Logística como pegar a caixa aqui e entregar ali esse conceito morre.

Conclusão a ser feita é a seguinte, nos dias de hoje a complexidade é tão vasta, sistemas são tão interligados, redes e redes de cadeias logísticas são tão enormes que daí surgiu a necessidade do Supply Chain Management, que vai abarcar tudo isso. Não podemos esquecer que para realizarmos o SCM e a Logística entende-se que vencemos uma outra etapa previamente resolvida que é a questão econômica e financeira tudo isso dentro de um Gerenciamento de Projeto.

A Logística está presente em todo nosso cotidiano, desde o momento de levantar da cama até deitar, o despertador que você coloca para tocar, a roupa que você escolhe para ir trabalhar o ônibus que vai pegar ou a rota que você vai usar para dirigir até o trabalho, onde você vai almoçar o que vai comer, que horas vai comer, quanto de dinheiro vai precisar levar para gastar, tudo isso é logística, tudo isso de certa forma contém a essência do Supply Chain Management, quanto mais numa expedição Terra x Marte.

Podemos ir até mais além eu acredito que tudo que está entre o sonho e a execução do projeto do Mars One até seu sucesso ou não de sua chegada em Marte envolve Logística, cada rabisco, cada ensaio, cada experiência, cada campanha, cada cálculo ou fórmula, cada tese ou estudo, cada máquina e cada pessoa, escassez ou abundância, falta ou suprimento, acerto ou fracasso, cada alface e semente, caixa ou aeronaves, tudo se colapsa numa enorme teia chamada SCM.

Sugiro o curso do MIT " Suplly Chain and Logistics Fundamentals" dura 4 meses e é todo em Inglês, ministrado pelo Dr Chris Caplice e Santosh Stephen. O curso foca Demanda de consumo, gerenciamento de inventário e planejamento de Transporte, é exigido high-school level math (especialmente álgebra), motivo pelo qual não obtive o certificado do MIT, mas vale a pena a parte teórica é muito rica tenho o material traduzido se alguém interessar posso enviar por e-mail, solicite-me em eduardo.vieira@grupolclog.com.br.

Abraços.

Estudo realizado com base no curso CTL.SC1X Supply Chain and
Logistics Fundamentals - realizado no MIT entre 30/10/2014 - 16/12/2014.
Instrutor: Dr. Chris Caplice (caplice@mit.edu)
Prof.Assistente: Santosh Stephen (ssantosh@mit.edu)





Postar um comentário