quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Vladimir Komarov o Homem que caiu do Espaço

Komarov era piloto de testes da Força Aéreaengenheiro aeroespacial e se tornou cosmonauta em 1960, no primeiro grupo de homens selecionados para o programa espacial soviético, junto com Yuri Gagarin e Gherman Titov, os dois primeiros homens em órbita da Terra.
Um dos mais experientes e qualificados candidatos aceitos no primeiro grupo de cosmonautas soviéticos, ele foi a princípio declarado sem condições de saúde para continuar no programa, mas sua perseverança, inteligência e qualificações como engenheiro, o permitiram continuar a ter um papel ativo. Ele subiu ao espaço pela primeira vez em 1964, comandando a nave Voskhod 1, em companhia dos cosmonautas Boris Yegorov e Konstantin Feoktistov , no primeiro voo ao espaço de uma nave com mais de um tripulante.
Restos mortais de Vladimir Komarov, o homem que caiu do Espaço.

Em 1967 ele realizou seu segundo voo espacial, desta vez sozinho na nova nave Soyuz 1, um voo repleto de problemas em órbita[1] e que terminou em tragédia na reentrada na atmosfera, quando o pára-quedas principal de freio da cápsula não abriu e ela se espatifou e explodiu no solo, matando Komarov.
Pouco antes do impacto, o premier soviético Alexei Kossygin disse a Komarov que seu país estava orgulhoso dele. Um posto de escuta da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos, em IstambulTurquia, revelou que a resposta de Komarov foi inaudível,[2] apesar dos persistentes rumores, na época, de que ele morreu maldizendo os construtores da nave e o controle de terra.[3]
Desde sua morte, começaram a aparecer notícias de que a nave Soyuz tinha problemas de concepção e funcionamento desde o início e não estaria em condições de realizar uma missão espacial tripulada, mas apesar das objeções dos engenheiros do programa espacial o voo teria acontecido por pressões de líderes políticos soviéticos, que desejavam uma grande missão espacial em comemoração do aniversário de nascimento de Lênin.[4]

Soviet_Union-1964-stamp-Vladimir_Mikhailovich_Komarov

Postar um comentário